quinta-feira, 30 de junho de 2016

Pudim de gelatinas

Hoje apetece uma sobremesa bem fresquinha.
O dia está quente, o almoço vai ser no terraço, vamos grelhar peixe na brasa e nada melhor do que uma sobremesa simples e fresca para terminar a refeição.
Estamos no verão, uma época em que gostamos de fazer refeições mais leves mas no final sabe sempre bem um docinho.
É um pudim  com gelatinas de morango, ananás e de mirtilos, mas convém fazer com alguma antecedência.
Aceitem a sugestão, é uma sobremesa que vai surpreender!!!


Ingredientes:
  • 1 saqueta de gelatina (85g) de morango
  • 1 saqueta de gelatina (85g) de mirtilo
  • 2 saquetas de  gelatina (2x85g) de ananás
  • meia lata de leite condensado

Preparação:

Fazer a gelatina de morango de acordo com o que diz a embalagem, colocar numa caixa e levar ao frigorífico para solidificar (se colocar no congelador é mais rápido)
Entretanto fazer a gelatina de ananás da mesma maneira mas acrescentar meia lata de leite condensado.
Colocar a gelatina de morango já solidificada num fundo de uma forma de pudim cortada aos bocados, por cima da gelatina de morango verter a gelatina de ananás e levar ao frigorífico novamente até solidificar bem.
Quando estiver bem solidificada, colocar por cima a gelatina de mirtilo que entretanto foi feita também conforme o que diz a embalagem.
Levar novamente ao frigorífico até solidificar muito bem.
Para desenformar bem, mergulhar a forma em água quente durante uns 2 a 3 minutos (cuidado para não entrar água no pudim).
Servir bem fresquinha!!!


 
Dica:

Este pudim pode ser feito com qualquer gelatina.
Embora seja uma sobremesa simples, leva algum tempo devido à demora que gelatina leva a solidificar, mas vale a pena a espera, acreditem!!!


quarta-feira, 29 de junho de 2016

Arroz de frango, açafrão e limão

Este  arroz de frango é um dos preferidos cá de casa, principalmente de quem o faz, não só porque é uma receita económica, faz-se muito rapidamente, só utilizamos um utensílio (neste caso um frigideira larga) e está carregada de sabores.
É a receita ideal para fazer de um dia para o outro, é um prato que se pode comer quente ou frio conforme o gosto de cada um.
A receita foi feita ontem, porque hoje é dia de ir para a praia mais uma vez e assim o almoço já fica feito.
É só chegar a casa  e aquecer o arroz!!!
Esta é a receita ideal. Bom apetite!!!



Ingredientes para 4 pessoas:
  • 2 peitos de frango com ou sem pele
  • 200g de arroz
  • 1 cebola pequena picada
  • 1 dente de alho picado
  • 3 colheres de sopa de azeite
  • 150g de ervilhas 
  • 1 colher de chá de açafrão em pó
  • 600 ml de água quente
  • Raspa de um limão
  • Sumo de meio limão
  • sal e pimenta a gosto
  • Salsa picada

Preparação:

Colocar o azeite numa frigideira funda e larga, quando estiver quente colocar o frango cortado em pedaços (nós utilizamos frango sem pele), temperar com sal e pimenta a gosto, e deixar fritar até ficar bem douradinhos.
Retirar o frango e reservar.
Na mesma frigideira colocar a cebola picada, o alho picado e deixar fritar um pouco, juntar o arroz e quando começar a ficar brilhante juntar o açafrão e a água quente.
Assim que começar a ferver, juntar o frango e deixar cozinhar durante uns 15 a 20 minutos.
Quando o arroz estiver cozido juntar as ervilhas, o sumo e a raspa de limão, rectificar de sal e a pimenta, envolver tudo muito bem, desligar o lume e deixar a frigideira tapada durante uns 5 minutos.
Colocar numa travessa e polvilhar com salsa picada. Bom apetite.






Sugestão:
Em vez de frango, podem utilizar atum, fica muito bom também.
Se gostarem de picante podem colocar umas gotas de tabasco.

terça-feira, 28 de junho de 2016

Aletria Dourada

Esta sobremesa normalmente era feita no natal e na páscoa, mas desde há muito anos que fazemos de vez em quando... Às vezes apetece!!!
Lembro-me que ela era feita apenas com água, açúcar, casca de limão e canela. Hoje em dia fazemos com gemas de ovo, raspa de laranja e algumas vezes até é cozida em leite em vez de água e ainda há quem coloque manteiga.
Normalmente ela era servida numa travessa grande e  cortada em tiras ou em quadrados, hoje muitas das vezes é servida em pequenas taças.
Ás vezes fazemos para o lanche, principalmente no inverno e sabe tão bem acabadinha de fazer....é mesmo uma boa lambarice.
É uma sobremesa típica da cozinha portuguesa, rápida de fazer e fica uma delicia!!!
Hoje apetece!!!


 Ingredientes:
  • 120g de aletria 
  • água para cozer a aletria
  • 250g de açúcar
  • 100ml de água
  • 4 gemas
  • 1 pau de canela 
  • raspa de uma laranja
  • canela em pó para polvilhar

Preparação:

Cozer as 120g de aletria em água durante uns 5 minutos, escorrer e reservar.
Colocar o açúcar com as 100ml de água, o pau de canela e a raspa da laranja ao lume e deixar ferver até atingir o ponto pérola.
Juntar a aletria que foi anteriormente cozida e deixar ferver um pouco.
Retirar do lume e deixar arrefecer um pouco, acrescentar as gemas batidas e levar novamente ao lume. Assim que começar a ferver retirar do lume.
Colocar numa travessa ou em tacinhas individuais e polvilhar com canela.



Dica:
Ponto pérola - Podem verificar este ponto quando com a ajuda de uma colher deixarem escorrer e da extremidade correr um fio mais espesso com uma bola suspensa na extremidade.

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Argolinhas de canela

Cá em casa estes e outros biscoitos são muito apreciados. Há sempre uma caixa com bolachas ou  biscoitos mas muitas das vezes desaparecem num instante...
Hoje é dia de fazer argolas de canela para voltar a encher a caixa, não sabemos é o tempo que elas vão durar! Não devem durar muito!
Esta receita que hoje partilhamos é divinal, por isso é tão fácil de encontrar quer em blogues, revistas ou livros culinários.
Já fazemos estes biscoitos que têm a forma de argolas há muitos anos, já temos feito com a mesma massa mas com outros feitios. Esta receita foi retirada de uma revista mas já foi há tantos que nem nos lembramos de qual!!!
Estas argolas de canela são excelentes para acompanhar um chá ou um café, mas como hoje está muito calor vai ser mesmo com um chá mas bem gelado.
São muito boas para quando aperta aquela fome e elas estão mesmo ali à mão!!!



Ingredientes  para 30 argolinhas:
  • 350g de farinha
  • 150g de manteiga derretida
  • 80g de açúcar
  • 1dl de leite
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • canela e açúcar em pó para polvilhar

Preparação:

Misturar o açúcar, a manteiga derretida e o leite, de seguida acrescentar a farinha e o fermento e misturar tudo muito bem até obter uma massa moldável.
Moldar a massa, primeiro em pequenas bolas, depois em rolinhos e depois juntar as pontas dos rolinhos até formar a argola, colocar num tabuleiro e por fim polvilhar com canela.



Levar ao forno até ficarem bem douradinhas.
Deixar arrefecer e polvilhar com açúcar em pó.



Uma sugestão:
Podem fazer estes biscoitos de outras formas, por exemplo: formar pequenas bolas e depois pressionar com um garfo.



domingo, 26 de junho de 2016

Pudim gelado de ananás

Aqui no Pecado Mora Em Casa apreciamos e muito pudins e gelados. Então hoje juntamos os dois e saiu um pudim gelado de ananás. Para acompanhar podíamos ter feito uma calda mas preferimos bocadinhos de ananás grelhados.
Esta receita pode ser feita com ananás fresco ou de calda.
Em cada colherada ficamos deliciados pelo doce que tem a sobremesa mas somos surpreendidos pelo refrescante sabor gelado do ananás.
É uma sobremesa fresca, delicada e muito saborosa... ideal para o verão.


Ingredientes:

  • 1 lata de ananás em calda
  • 10 folhas de gelatina
  • 1 lata de leite condensado
  • 3 pacotes de natas ( 6 dl de natas)
  • meio ananás fresco para grelhar


Preparação:

Demolhar as folhas de gelatina em água fria.
Levar ao lume um tacho com as natas, deixar aquecer, juntar as folhas de gelatina já escorridas e mexer até ficarem bem dissolvidas. Retirar do lume e reservar.
Colocar o ananás no liquidificador até ficar desfeito, juntar o leite condensado e a mistura das natas e envolver tudo muito bem.
Colocar este creme numa forma e levar ao frigorífico de preferência de um dia para o outro e 3 horas antes de servir colocar no congelador.
Grelhar o ananás (o ideal é grelhar nas brasas, mas na chapa também fica muito bom) e depois cortar em pedaços.
Para desenformar bem o pudim, passar o fundo da forma por água quente por 2 ou 3 minutos.
Servir decorado com os pedaços de ananás.


Sugestão:
Pode servir este pudim gelado com uma calda de açúcar com ananás, fica uma delícia, nós fizemos com ananás grelhado porque se torna uma sobremesa mais leve após uma boa refeição.
Esta sobremesa pode ser feita com outras frutas ( pêssegos, morangos, mangas)







sábado, 25 de junho de 2016

Peixinhos verdes com molho

Somos viciados em petiscos, fazemos muitos ao longo do ano, se possível em todas festas que fazemos têm de haver muitos petiscos, temos uma enorme variedade de entradas rápidas e petiscos que se preparam num instante, outros talvez mais demorados mas todos deliciosos e para todos os gostos.
A última passagem de ano, a nossa mesa era enorme e só havia petiscos de todos os feitios e sabores, carne, peixe, ovos e até vegetarianos.
É excelente conviver em família ou com amigos em  redor de uma mesa com bons petiscos, bons vinhos ou outras bebidas e claro não podemos esquecer os doces!
Mas hoje o Pecado é o feijão verde com um molho de maionese que adoramos.




Ingredientes para os peixinhos:
  • 200g de feijão verde
  • 2 dl de água com gás com aroma de limão
  • 4 colheres de sopa de farinha bem cheias
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • sal e pimenta a gosto
  • óleo para fritar

Ingredientes para o molho:
  • 1 ovo cozido e picado
  • 4 colheres de sopa de maionese
  • 2 colheres de sopa de ketchup
  • 2 colheres de pickles picados (hoje só usamos couve flor)
  • 1 colher de sopa de salsa picada
  • 1 colher de sopa de sumo de limão
  • pimenta e sal a gosto

Preparação:

Arranjar o feijão verde e cortar em pedaços (aqui cortar do tamanho que preferir, os nossos tinham mais ou menos 5 a 6 cm ).
Colocar um tacho com água e sal, quando começar a ferver colocar o feijão verde durante uns 5 minutos, retirar do lume, escorre-los e reservar.
Numa tigela colocar a água e aos poucos juntar a farinha, logo de seguida o fermento e misturar muito bem até obter um polme cremoso, temperar com sal e pimenta a gosto.
Passar o feijão verde pelo polme e levar a fritar em óleo quente até ficarem dourados.
Retirar, escorrer sobre papel absorvente.
Noutra tigela colocar todos os ingredientes para o molho e envolver muito bem.
Servir o molho ao lado dos peixinhos verdes.
Bom apetite!!!



Dicas:
O polme pode ser feito com água sem gás ou até com cerveja.
Se não gostar de feijão verde, pode fazer com brócolos ou qualquer outro vegetal.
Este molho é uma opção muito boa, mas podem utilizar outros molhos ou até comprar já feitos... mesmo sem molhos os peixinhos verdes são muito bons.

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Caracol folhado de nutella

A sobremesa de hoje e a pedido das mais novas vai ser um caracol folhado de nutella.
Nutella e massa folhadas são dois ingredientes que adoramos, já não é novidade para ninguém, compramos já feitos, depois em casa é só juntá-los e já está feito uma deliciosas sobremesa.
Se precisam de  uma sobremesa rápida para um jantar ou um almoço surpresa, para um lanche inesperado, este caracol folhado é o ideal e com apenas 3 ingredientes.
Podiam ter sido feitos em caracóis individuais, mas não apeteceu, um grande dá menos trabalho e ficou lindíssimo!!
Façam o favor de fazer isto em casa e bom apetite!!!



Ingredientes:
  • 1 massa folhada de compra rectangular
  • 3 colheres de sopa de nutella
  • Açúcar em pó para polvilhar

Preparação:


Desenrolar a massa folhada e dividir ao meio.


Espalhar a nutella numa das partes da massa folhada.


Sobrepor as massas folhadas.


Cortar em tiras e torcer as tiras.







Começar a formar o caracol numa forma forrada com papel vegetal ou de alumínio, levar ao forno por uns 15 a 20 minutos ou até ficar bem douradinho.




Tirar do forno deixar arrefecer, polvilhar com o açúcar em pó e servir.

Dicas:
Também podem acrescentar à nutella ou polvilhar por cima com nozes ou amêndoas picadas.
Podem servir cortado às fatias ou vão tirando à roda.








quinta-feira, 23 de junho de 2016

Bolinhos de queijo (queijo fresco e queijo da ilha)

Há algumas semanas, fiz estes bolinhos para servir de entrada, a receita foi tirada de uma revista, ficaram  bons mas não encantaram muito, faltavam ali qualquer coisa mais.
Hoje como há convidados para o lanche, vamos voltar a fazê-los novamente mas com algumas alterações ou seja mais a nosso gosto.
A receita original só levava queijo fresco e nós acrescentamos queijo da ilha, e não é que ficaram muito melhores talvez por causa do aroma do queijo ligeiramente picante.
Ficaram fantásticos, e hoje sim fizeram sucesso!!!





Ingredientes para 10 bolinhos:
  • 240g de farinha
  • 250g de queijo fresco
  • 2 ovos
  • 5 colheres de sopa de leite
  • 1 colher de sobremesa de fermento em pó
  • 150 g de queijo da ilha ralado
  • salsa picada
  • sal e pimenta a gosto
Preparação:

Numa tigela misturar os queijos, os ovos, o leite, a salsa picada, sal e pimenta  e envolver muito bem.
De seguida juntar a farinha e o fermento e mexer muito bem.
Untar forminhas com manteiga  e polvilhar com farinha.
Colocar a massa dos bolinhos nas formas e levar ao forno durante uns 20 minutos.
Servir ainda mornos.
Bom Apetite!!!



Dicas:
Podem acrescentar na massa fiambre ou chouriço cortado em pedacinhos.
Ainda quentes estes bolinhos são ótimos barrados com manteiga de alho!!!

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Leite creme com laranja

Leite creme é uma daquelas sobremesa que nos transporta para a nossa infância, é daqueles doces que havia em cima da mesa em todas as festas de aniversário, Páscoa ou até no Natal.
É uma sobremesa que adoramos especialmente pela leve crosta estaladiça, é tão bom!!
Muitas das vezes apenas se polvilhava com canela ou então até simples e era bem bom, nunca sobrava leite creme.
Aprendemos a fazer o leite creme com casca de limão, mas já algum tempo que fazemos com casca de laranja, mas hoje vamos fazer com sumo de laranja.
E acreditem que vale a pena fazer!!!




Ingredientes para 8 pessoas:
  •  1 L de leite
  • 200g de açúcar
  • 6 gemas
  • 3 colheres de sopa de farinha maisena
  • sumo de 1 laranja
  • Açúcar mascavado para polvilhar


Preparação:
Levar o leite ao lume até ficar morno.
Numa tigela misturar o açúcar com as gemas, a maisena e o sumo da laranja, mexer tudo muito bem.
Juntar o leite em fio ao preparado das gemas e mexer bem.
Colocar esta mistura num tacho e levar ao lume mexendo sempre até ferver e ficar bem cremoso.
Deitar em taças, polvilhar com o açúcar mascavado e queimar com um ferro próprio ou com um maçarico para culinária.






Dicas:
Em vez do sumo de laranja, podem colocar raspas de laranja.
Sirva decorado a seu gosto, com canela também fica muito gostoso.
Podem servir numa taça grande.


















 

terça-feira, 21 de junho de 2016

Bolo de iogurte

Há alimentos que devemos consumir com moderação, principalmente os doces, mas um bolo sabe sempre bem e este de iogurte além de muito fácil é também muito saboroso.
É colocar todos os ingredientes numa taça e depois forma, super rápido.
Gostamos de receitas rápidas, simples, saborosas e adoramos o cheirinho que ficou aqui na cozinha!!!
E como o calor aperta....................uma limonada fresquinha e uma fatia de bolo de iogurte, há lanche melhor?




Ingredientes:
  • 1 iogurte natural ( utilizamos iogurte grego)
  • 3 ovos
  • 200g de açúcar 
  • 200g de farinha
  • 100ml de óleo vegetal
  • 1 colher de chá de fermento em pó

Preparação:
Numa tigela misture muito bem o iogurte, os ovos, o açúcar e o óleo.
Junte a farinha e o fermento, envolver tudo muito bem.
Unte uma forma com manteiga e polvilhe com farinha.
Verter a massa do bolo na forma  e levar ao forno durante 40 minutos (mais ou menos).
Depois de cozido, desenforme e polvilhe com açúcar em pó.






Dicas:
Pode usar iogurte grego ou outros.
Para o bolo ficar com um outro aroma junte uma colher de chá de canela em pó, fica divinal!!


segunda-feira, 20 de junho de 2016

Pizza caseira de fiambre e queijo

Aqui no Pecado não abdicamos de vez em quando de uma maravilhosa pizza caseira cheia de queijo e molho de tomate, aliás não abdicamos de nenhuma pizza.
No frigorífico umas sobras de fiambre e queijo, e porque não aproveitá-los hoje e fazer uma deliciosa pizza caseira.
O segredo para o sucesso desta pizza é a massa e o molho que fizemos na hora, tudo o resto eram sobras que aproveitamos.
Pizzas é daquelas refeições que agrada a toda a família!!!



Ingredientes para a massa:
  • 250g de farinha
  • 7 g de fermento em pó
  • 120 ml de água
  • 1 colher de sopa de azeite
  • sal a gosto
 Ingredientes para o molho:
  • 4 colheres de sopa de azeite
  • 1 cebola média picada
  • 1 dente de alho picada
  • 3 tomates bem maduros médios picados
  • 4 colheres de sopa de ketchup
  • Sal e pimenta a gosto
 Ingredientes para o recheio:
  • Fiambre cortado em pedaços pequenos
  • queijos ralados

Preparação:

Colocar numa taça todos os ingredientes para a massa, misturar bem até fazer uma bola homogénea.
Numa superfície lisa e enfarinhada colocar a massa e estendê-la (nós fizemos rectangular), colocar num tabuleiro e reservar.
Num tacho colocar o azeite, a cebola, o alho e deixar refogar um pouco, acrescentar o tomate picado, o ketchup, o sal e a pimenta e deixe cozinhar durante uns 10 minutos (podem triturar este molho,nós gostamos de encontrar os pedacinhos de tomate).
Barrar a massa da pizza com este molho, espalhar o fiambre e o queijo, levar ao forno durante uns 20 a 30 minutos.
Retirar do forno e servir quente.




Dicas:
Podem utilizar a massa de pizzas já feitas que também são ótimas, nós também usamos de vez em quando principalmente quando estamos com mais pressa.
Também podem comprar a polpa de tomate já feita, há muito boas à venda nos supermercados.
Aqui podem utilizar qualquer tipo de sobras que tenham no frigorífico (carne, frango, legumes).

domingo, 19 de junho de 2016

Brownies cobertos com manteiga de amendoim

No Pecado não nos cansamos de fazer receitas com chocolate, é a nossa perdição, uma das muitas que temos! Sim, é verdade são muitas.
Esta receita é muito simples porque é assim que gostamos: simples, rápido e acessível a todos. E os brownies ficam muito saborosos com um sabor intenso a chocolate e a amendoim.
Brownie é uma delícia, brownies com cobertura de manteiga de amendoim é ainda melhor!
Acho que não precisamos de dizer mais nada, o melhor é fazer e comer!



 Ingredientes:
  • 1 tablete de chocolate de culinária (200g)
  • 120g de manteiga
  • 3 ovos
  • 100g de farinha
  • 150g de açúcar
  • 1 pitada de sal
  • 2 colheres sopa de manteiga de amendoim
  • 100g de manteiga amolecida
  • 100g de açúcar em pó

Preparação:

Derreter o chocolate e as 120 g de manteiga (micro-ondas ou em banho-maria), juntar o açúcar e os ovos, envolver muito bem, se preferir pode utilizar a batedeira.
Adicionar a farinha e o sal e envolver devagar.
Verter a massa numa forma untada e e forrada com papel vegetal (nós utilizamos uma quadrada), levar ao forno durante 20 minutos.
Os brownies podem ficar um pouco húmidos, mas é assim mesmo. 
Deixar arrefecer dentro da forma antes de colocar a cobertura.
Para a cobertura,  misturar bem a manteiga de amendoim com a manteiga amolecida e o açúcar em pó.
Colocar o creme em cima dos brownies.
Decorar com raspas de chocolate ou amendoins picados.


Dicas:
O brownie pode ser servido sem a cobertura é delicioso na mesma.
Na massa do brownie podem colocar amendoins picados ou pedacinhos de chocolate.
Os brownies podem ser servidos quentes ou frios.

sábado, 18 de junho de 2016

Creme de lima e limão

Adoramos almoços ou jantares em família, gostamos de combinar as entradas, os pratos e as sobremesas, isto já sem falar nas bebidas.
Eu faço isto, tu fazes aquilo, é uma combinação perfeita e todos comem aquilo que nós fazemos.
Se forem como nós, apetece sempre alguma coisa doce. Pode ser muito simples, leve e até refrescante mas apetece sempre alguma coisa doce!
Esta é uma sobremesa simples, doce e ao mesmo tempo vistosa.
E vai ser assim mais uma vez e que venham muitos almoços e jantares assim.



Ingredientes:
  • 1 pacote de bolacha oreo
  • 1 lata de leite condensado
  • 2 pacotes de natas para bater (400ml)
  • 3 limas
  • 1 limão

Preparação:

Triturar as bolachas e reservar.
Bater as natas até formar um creme não muito espesso, juntar o leite condensado, o sumo das limas e do limão e envolver tudo muito bem.
Colocar em taças, dispor primeiro um pouco das bolachas trituradas e logo depois o creme de lima e limão.
Decorar com raspas de lima e bolacha triturada.
Levar ao frigorífico até estar bem fresco.





Dicas:
Em vez de bolachas oreos, podem utilizar bolacha Maria ou outras.
Antes de tirar o sumo às limas retirar as raspas.
Em vez de fazer em taças individuais, podem fazer numa taça grande.

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Gelado de arroz doce

A verdade é que aqui em casa tem sempre que haver gelados no congelador, sejam eles de fruta ou chocolate, não interessa o sabor, tem é de haver gelados.
Este é um dos nossos grandes Pecados, seja verão ou inverno, aqui em casa comem-se gelados o ano inteiro.
A primeira vez que comi gelado de arroz doce? Se bem me lembro foi à mais de 25 anos, em Lisboa no centro comercial Fonte Nova em Benfica, e fiquei logo deliciada.
Só anos mais tarde comecei a fazer cá em casa, e faço muitas vezes.
É mesmo muito bom!!! Experimentem, não se vão arrepender.



Ingredientes:
  • 1 taça média de arroz doce (correspondente a 2 latas de leite condensado, mais ou menos)
  • 2 pacotes de natas (400 ml)
  • 1/2 lata de leite condensado
  • canela

Preparação:

Triturar muito bem o arroz doce, até ficar mesmo muito cremoso.
Bater as natas até ficarem bem fofas e acrescentar o leite condensado.
Envolver os dois preparados muito bem e juntar a canela.
Colocar na máquina de gelados ou então colocar numa caixa e levar ao congelador.
Antes de colocar o gelado no congelador polvilhar com canela.





BOM APETITE!!!

Dicas:
A receita do arroz doce já se encontra no blogue, mas tenho a certeza que sabem muito bem fazer arroz doce.
A quantia  de canela é sempre a gosto.
Se gostarem do gelado mais doce é só colocar mais leite condensado.
Se colocar o gelado no congelador sem ir à máquina dos gelados, convém mexer de 10 em 10 minutos para não ganhar cristais de gelo.











quinta-feira, 16 de junho de 2016

Couve-Flor Gratinada

Cozinhar uma refeição muitas vezes é um desafio, seja carne, peixe, legumes ou até uma sobremesa, mas a comida é uma necessidade e cozinhar aqui é um prazer!
Crescemos a comer de tudo, mas nem de tudo gostamos. 
Há comidas que gostamos muito, outras gostamos menos e até outras que não gostamos mesmo nada.
A couve-flor é daqueles legumes que nem toda a gente gosta, mas esta é uma receita muito fácil de fazer e deliciosa.
É ótima para servir com carne e até se pode fazer uma refeição só com isso.



Ingredientes:
  • 1 couve-flor
  • 2 colheres de sopa de farinha
  • 3 colheres de sopa de manteiga
  • 7 dl de leite morno
  • 350g de queijo ralado (aqui utilizamos, queijo da ilha, gouda e parmesão)
  • 1 colher de chá de mostarda
  • sal, pimenta e noz moscada a gosto

Preparação:

Depois de cortada e lavada a couve-flor deve ser cozida, escorrida e reservada.
Levar um tacho ao lume com a manteiga, deixar derreter, juntar a farinha e mexer até ganhar alguma cor.
Adicionar o leite devagar e sempre a mexer até obter um creme liso (não pode ficar muito grosso, se for necessário acrescente mais leite).
Juntar os queijos, mexer até ficar bem derretidos (reservar algum queijo para polvilhar por cima da couve-flor antes de ir ao forno).
Juntar a mostarda, a noz moscada, a pimenta e o sal e mexa muito bem.
Deitar a couve-flor num tabuleiro de ir ao forno, cubra com a mistura dos queijos, polvilhar com mais um pouco de queijo ralado e levar ao forno até ficar bem dourado.
Servir decorada a gosto.





Dicas:
Podem aqui utilizar outros legumes (brócolos, couves de bruxelas, batatas).
Os queijos utilizam aqueles que tiverem em casa ou os vossos preferidos.








quarta-feira, 15 de junho de 2016

Broas de abóbora e nozes

Estas broas são muito típicas do natal, mas quando há em casa abóbora a mais, além da sopa, fazemos também as broas de abóbora com nozes que são as nossas favoritas.
A receita original, que é dali da nossa zona de Coimbra, é de broas com vários frutos secos, mas cá em casa nem todos gostam dos mesmos frutos, então começámos a fazer as broas só com nozes porque todos gostam de nozes.
E hoje não foi excepção, broas de abóbora com nozes, são ótimas para acompanhar uma chávena de café ou chá.
E hoje cá em casa parecia natal!!!



Ingredientes:
  • 350g de abóbora cozida e escorrida (reservar um pouco da água da cozer a abóbora)
  • 400g de farinha
  • 125g de açúcar amarelo
  • 200g de nozes picadas
  • 20g de fermento de padeiro
  • 1 colher de café de canela
  • 1 colher de café de erva doce moída
  • 1 pitada de sal

Preparação:

Dissolver o fermento de padeiro num pouco de água morna de cozer a abóbora (a água tem mesmo de estar morna).
Misturar a farinha com a abóbora, juntar já de seguida o fermento diluído, o açúcar, a canela, a erva doce, o sal e por último as nozes, envolver bem de preferência com as mãos.
Tapa-se com um pano num lugar quente para levedar e para  a massa duplicar.
Tendem-se  as broas do tamanho que quiser e vai ao forno bem quente em tabuleiros polvilhados com farinha até estarem cozidas.


Dicas:
Nesta receita a quantidade pode variar, podem fazer broas pequenas ou até uma broa grande e depois cortar às fatias.
Podem utilizar os frutos que mais gostarem.
O açúcar é que têm mesmo de ser amarelo.